segunda-feira, 14 de março de 2011

Dos qualé que você é ?


DOS QUALÉ QUE VOCÊ É?

Sou de um lugar em que essa pergunta é feita sem rodeios às pessoas desconhecidas.

Só que nos dias de hoje o vivente fica com a pulga atrás da orelha com esse quesito.

- Que jalapa!

- Por poco esse sarapopético perdeu o juízo!

Já vai fazendo juízo.

Que nada, ele só quer saber de que família você é, se é dos conhecidos da família dele.

Coitado, cheio de rique-foque só pra fazer uma pergunta.

E assim o diálogo já denota entendimento, mas o interlocutor é opinhático e luchento, está inclusive usando extrato, não está para conversa com qualquer marca-fuépe.

Que que é isso? jaoje se dizia granfo e agora se transformou num infilipado e quando deu-de-si estava tão desnorteado que nem reinou, pensou em picar-a-mula, mas se acha muito ativo e encarou o colóquio.

Só que não é nenhum pascóva e como estava só batendo pernas por aí saiu de fininho e deu no pé.

O colega ficou desconcholado, parece que tomou um pelotaço.

Puderas, parece que estão em países diferentes, mas ele é da Palmeirinha e só queria saber de que família é o forasteiro...

Um comentário:

Emoções disse...

Todos os poetas serão tomados por loucos.
Ainda pregam o amor que muitos não conseguem sentir.
Mas loucura maior e andar no deserto sem amizades,
plantando rosas que nunca vão florescer.