terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Certos humanos

Certos humanos pensam que estão certos.

Me aborreço com eles, mas meu aborrecimento não ajuda em nada.

Andando pela praia deparei-me com uma senhora acompanhada de três enormes cães brincando na água entre crianças, dizendo-se estar no direito de sua liberdade.

No supermercado, aguardei pacientemente enquanto uma senhora esmagava os tomates um a um para escolher os que lhe interessavam.

Um cidadão, mais apressado, ultrapassou-me pela direita na rodovia.

Pedro Bial denomina heróis os confinados no BBB.

Tem políticos defendendo a inclusão digital, mas não defendem a educação digital.

"Para resolver" o problema da cracolândia, destruiram os edifícios??!!

Já se tornou rotina eu ser acordado nas madrugadas, pelo alto volume das "músicas" do Michel Teló nos carros dos emergentes.

...e eu sou o chato.

4 comentários:

Maria Dias disse...

E ontem quando sai para tomar sorvete tive que pedir licença pra me sentar, pois uma mulher ocupava quase um lugar todo com sua enrome bolsa de grife tamanho de GG(fala sério né?rs).Sabe como isso se chama? egoísmo.
As pessoas acham q o mundo gira em torno delas mesmas e querem fazer o q bem entenderem,se esquecendo de quem vem atras.

Beijinho

Maria

VELOSO disse...

Assim caminha a humanidade e os espertos vão cortando fila achando isso normal!
Amigo você é Paranaense ! Nasci em Barbosa Ferraz e morei em Matelândia e Foz saudade do Paraná!

Sandra Gonçalves disse...

Hahahah Rui, as pessoas mesmo "educadas" cometem inúmeros deslizes de uma boa convivência. Precisamos conviver com as diferenças, elas nos ensinam a tolerância e são espelhos de muitas coisas que fazemos "de outra forma". sigo a política de ser exemplo daquilo que tenho como valor de ética e moral e haja muita paciência para ponderar sobre as falhas alheias.
Beijão

RUI MOREL CARNEIRO disse...

Será que a tolerância é inversamente proporcional ao tempo vivido?