terça-feira, 13 de setembro de 2011

Do que eram feitas as tintas das pinturas pré-históricas?

A cada três ou quatro anos eu tenho que renovar a pintura de minha casa, aí que sempre me perguntava: como é que aquelas pinturas feitas há milhares de anos ainda estão lá nas cavernas?

O Homem, antes de escrever, pintou. A comunicação era feita por pinturas, depois nasceu o alfabeto. Considerando-se que o homem surgiu há mais de dois milhões de anos e que começou a pintar há 30.000 anos, a arte rupestre é muito mais moderna do que se imagina.

Preservadas no tempo pelo clima e protegidas pelas sombras dos raios ultravioletas do Sol, as grutas pré-históricas são os primeiros museus da humanidade.

Mas, de que eram feitas as tintas que eles usavam?
Acredita-se que os materiais mais usados como aglutinante para as pinturas rupestres foram sangue, argila, excrementos humanos, látex de plantas, gordura e clara de ovos de animais. A cor era obtida misturando-se o pó de rochas, com destaque para o óxido de ferro, que tem a coloração vermelho-alaranjada.

Pesquisas: Revista Superinteressante nº 96 e www.cidadeverde.com

Um comentário:

San_flower disse...

Rui, em alguns filmes que falavam de pintores famosos e também dos falsificadores que tinham que pesquisar as tintas usadas e suas fórmulas para que a cópia ou restauração ficassem idênticas, usavam muitas cores feitas com pó de casca de árvores, tudo que eles pudessem transformar em pó, até os cristais, lápis-lazúli era um cristal usado para fazer os nuances de azul.
Beijos